PALESTRANTES

Alessandro de Oliveira dos Santos

Professor do Departamento de Psicologia Social e do Trabalho do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (IPUSP) onde é responsável pela área de Intercultura e Raça-Etnia. Orientador no Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social e coordenador da linha de pesquisa Psicologia e Relações Étnico-Raciais. Tem experiência nos temas: direitos humanos; desigualdades; violência.

TEMA: Entre privilégios e direitos: caminhando pelas diferenças que tem nos impedido de ser iguais

RESUMO:  Foi apresentada a prática do palestrante com o grupo reflexivo de homens em questionamento, conflito e/ou situação de violência doméstica ou de gênero, realizado no Coletivo Feminista Sexualidade e Saúde.

Claudia Aranha Gil

Psicóloga pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, especialista em Psicologia hospitalar pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, mestre em Psicologia Clínica pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo e doutora em Psicologia Clínica pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. Atualmente é Professora e Orientadora do curso de Pós-Graduação do programa de Mestrado Stricto Sensu em Ciências do Envelhecimento da Universidade São Judas Tadeu e pesquisadora do Laboratório de Saúde Mental e Psicologia Clínica Social (APOIAR), do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia Clínica, atuando principalmente nos seguintes temas: envelhecimento, depressão, saúde mental, enquadres diferenciados, avaliação psicológica, técnicas projetivas e psicanálise.

TEMA: A clínica ampliada e os novos enquadramentos

RESUMO: Foi abordada a prática diferenciada do psicólogo em oficinas terapêuticas no atendimento psicanalítico. A palestrante apresentou seu trabalho realizado no Laboratório de Saúde Mental e Psicologia Clínica Social (APOIAR) do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (IPUSP).

Elis Regina Souza Peito Urtubia Cornejo

Psicóloga (CRP 06/100807), mestranda em Ciências da Saúde pela Universidade Federal de São Paulo. Atua com abordagem psicodinâmica no Integra - Núcleo Brasileiro de Desenvolvimento Humano. É colaboradora e pesquisadora no Instituto Vita Alere de Prevenção e Posvenção do Suicídio.

 

TEMA: Suicídio: políticas públicas e posvenção

RESUMO: a palestrante apresentou outra faceta que envolve o suicídio, voltada para o suporte e assistência destinado aos sobreviventes, bem como, a importância das políticas públicas para esse tema. 

Leandro Feitosa Andrade

Doutor em Psicologia Social pela PUC-SP (2001) e Graduado em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) (1993). Atualmente, é professor nos cursos de Psicologia e Serviço Social da PUC/SP (desde 2011) e no curso de Serviço Social da FMU - Faculdades Metropolitanas Unidas (desde 2001); Coordenador de grupos para homens autores de violência contra mulheres pelo Coletivo Feminista Sexualidade e Saúde (desde 2009). Tem experiência e atua principalmente nos seguintes temas: homens autores de violência contra mulheres, prostituição adulta, prostituição infanto-juvenil, psicologia social.

TEMA: Grupo reflexivo para homens autores de violência contra mulheres

RESUMO: apresentou a sua prática com um grupo reflexivo de homens em questionamento, conflito e/ou situação de violência doméstica ou de gênero, realizado no Coletivo Feminista Sexualidade e Saúde.

Leda Herrmann

Psicanalista da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo (SBP – SP). Doutora em psicologia clínica pela PUC-SP. Autoria de “Andaimes do real: a construção de um pensamento”, Casa do Psicólogo (2007).


TEMA: A clínica extensa da psicanálise e novos enquadramentos.

Leila Salomão de La Plata Cury Tardivo

Psicóloga, Mestre, Doutora e livre docente pela Universidade de São Paulo. Atualmente é responsável por Convênios Acadêmicos Internacionais com países latino-americanos e europeus (Portugal e Espanha). É pesquisadora do Ibero American Observatoryof Health andCitizenshipda Faculdade de Medicina da Universidade do Porto em Portugal. Professora convidada da Universidade de Sevilha. É Professora Associada do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo na Graduação e na Pós Graduação, na graduação e pós graduação. É bolsista Produtividade do CNPq, desenvolve pesquisas de validação de técnicas projetivas no Brasil, sendo responsável pela publicação de manuais de testes aprovados pelo CFP. Tem artigos publicados em periódicos nacionais e internacionais e é autora de livros e capítulos de livro em áreas de sua atuação. É orientadora de mestrado doutorado e pós doutorado. Coordena o Laboratório de Saúde Mental e Psicologia Clínica Social do IPUSP (APOIAR). Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia Clínica, atuando principalmente nos seguintes temas: clínica social (violência contra crianças e adolescentes), Psicodiagnóstico, Técnicas Projetivas, Psicopatologia, Crianças e Adolescentes.

TEMA: A clínica ampliada e os novos enquadramentos

RESUMO: foi abordado a prática diferenciada do psicólogo em oficinas terapêuticas no atendimento psicanalítico. A palestrante apresentou o seu trabalho realizado no Laboratório de Saúde Mental e Psicologia Clínica Social (APOIAR) do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (IPUSP).

Manoela Oliveira Lainetti

Psicóloga e Mestre em Psicologia Social pela PUC-SP, com experiência clínica e institucional no atendimento a crianças, adolescentes e famílias em situação de vulnerabilidade, adolescente autor de ato infracional e violência doméstica. Atualmente, psicóloga técnica e docente do Centro de Referência às Vítimas de Violência do Instituto Sedes Sapientiae (CNRVV) e docente de cursos na área de violência doméstica, acolhimento institucional e ato infracional da SP Cursos. Discente do curso de especialização em Psicologia Jurídica do Instituto Sedes Sapientiae. Co-autora do livro: “A violação de Direitos de Crianças e Adolescentes: Perspectivas de enfretamento.”

TEMA: Atendimento psicossocial a crianças e adolescentes vítimas de violência, abuso e exploração sexual

RESUMO: foi conceituado e definido o Centro de Referência às Vítimas de Violência do Instituto Sedes Sapientiae (CNRVV) e explicado a metodologia do trabalho com embasamento teórico e prático a respeito da violência dirigida à criança e ao adolescente.

Please reload

Jornada Psicodinâmica 2014 - 2018